APAS e Ipem se reuniram para debater as questões que impactam o setor


A APAS e o Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (Ipem) se reuniram em 2017 para debater questões que impactam o setor supermercadista. Na ocasião, a Associação solicitou a criação de uma Câmara Técnica entre as entidades.

“Foi uma reunião de relacionamento com o Ipem, ao qual demonstramos toda a nossa vontade de estarmos próximos, a fim de disseminar as boas práticas aos associados. Também listaremos as principais questões que afetam os supermercados”, explicou Roberto Longo, vice-presidente e diretor Jurídico da APAS.

Outro assunto em pauta foi o curso “Como se preparar para atender as exigências do Inmetro e Ipem”, que foi realizado nas Regionais e Distritais da Associação, fruto da parceria entre Escola APAS e a Rede Metrológica do Estado de São Paulo (Remesp).

O conteúdo do curso abrangeu situações do cotidiano dos supermercadistas e estudo de casos que contemplam ainda as legislações, controles metrológicos e procedimentos de fiscalização seguidos pelo Ipem e Inmetro.

Além do vice-presidente Roberto Longo, a APAS foi representada na reunião pelo superintendente Carlos Corrêa, e o especialista em Assuntos Regulatórios, Marcio Lopes. Pelo lado do Ipem, participou o Dr. Arlindo Afonso Alves, superintendente Adjunto do Instituto.

Uma novidade da Escola APAS aos associados já está disponível nas Regionais e Distritais: curso gratuito focado na capacitação para adequar a loja em cumprimento às regulamentações do Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (Ipem) e Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).

http://www.portalapas.org.br/catalogo-de-cursos/catalogo-de-cursoscatalogo-de-cursoscomo-se-preparar-para-atender-as-exigencias-do-inmetro-e-ipem/

“Esse curso foi idealizado a partir de um pedido dos associados, e o objetivo é reduzir os riscos com pagamentos de multas em caso de fiscalização dos órgãos competentes, o que resulta em economia de dinheiro e, assim, fortalece o setor para os devidos investimentos nos negócios”, explica Antônio Monte, diretor da Escola APAS.

Conteúdo do curso:                  

Regulamentações fiscalizadas pelo Inmetro nas lojas;

Os principais problemas, como o desconto da tara e a identificação de produtos embalados nos próprios estabelecimentos, e também os que perdem peso, como, por exemplo, o frango resfriado;

Embutidos com invólucros naturais e alimentos com grande concentração de sal, que seriam os motivos mais comuns de autuação nas lojas;

Produtos já embalados pela indústria, cuja responsabilidade em caso de erro é dos produtores, e ainda em relação ao desconto da tara na pesagem de produtos a granel ou avulsos.


Tags:


Notícias relacionadas


Últimas Notícias


menu
menu