ABRAS formaliza pedido de vacinação contra a gripe de colaboradores de atividades essenciais ao governo federal – APAS – Associação Paulista de Supermercados

ABRAS formaliza pedido de vacinação contra a gripe de colaboradores de atividades essenciais ao governo federal


O presidente da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), João Sanzovo Neto, participou de reunião virtual no último sábado (4/4) com o Ministro da Economia, Paulo Guedes, e demais empresários do varejo para debater os impactos do coronavírus (covid-19) no país. Na oportunidade Sanzovo solicitou ao ministro que os colaboradores das atividades essenciais sejam vacinados com prioridade contra a gripe. O pedido foi formalizado nesta segunda-feira (6) por meio de ofício enviado à Secretaria Especial de Previdência e Trabalho.

“A vacinação é muito importante porque ajudaria muito no diagnóstico da covid-19 e na defesa da imunidade desses profissionais, que estão atuando firmemente nesse momento para garantir o abastecimento da população brasileira em todo o país”, destaca o presidente João Sanzovo.

Durante a conversa com o ministro, Sanzovo solicitou também atenção especial em relação ao transporte rodoviário com o intuito de garantir boa estrutura de trabalho e fluidez na logística para que as mercadorias continuem chegando aos supermercados. Ele destacou que o setor supermercadista, responsável por cerca de 80% do abastecimento de alimentos do Brasil, composto por mais de 90 mil lojas, está em pleno funcionamento.  “A cadeia produtiva é bastante extensa, desde o produtor até às gôndolas tem muita gente envolvida, e todos estão trabalhando normalmente”, ressaltou o presidente da ABRAS.

Guedes se propôs a auxiliar o setor de comércio e serviços e sugeriu a criação de um Grupo de Trabalho de Crise com os empresários representantes de entidades de classe, incluindo a ABRAS, para estudar em conjunto as melhores medidas que garantam o funcionamento da cadeia produtiva e o crescimento econômico durante a crise do coronavírus. De acordo com o ministro, as reuniões poderiam ser on-line e com início para as próximas semanas.

Compartilhe na Rede!

Tags:


Notícias relacionadas


Últimas Notícias



menu
menu