APAS e CETESB promovem agenda paralela na COP 26 para debater a descabornização corporativa – APAS – Associação Paulista de Supermercados

APAS e CETESB promovem agenda paralela na COP 26 para debater a descabornização corporativa


A Associação Paulista de Supermercados (APAS) promoveu com a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB) e a Agência da Transição Ecológica (ADEMA), do Governo da França, um evento paralelo à 26ª Conferência do Clima da ONU, a COP 26, que ocorre de 31 de outubro a 12 de novembro em Glasgow, na Escócia. Com o tema “Acelerando a descarbonização corporativa: sinergias entre os setores público e privado e o futuro das bases regulatórias”, o encontrou aconteceu no dia 05 de novembro, em um hotel na cidade escocesa, e contou com a presença do secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado de São Paulo, Marcos Penido, e do senador Alexandre Giordano.

A diretora-presidente da agência ambiental paulista, Patrícia Iglecias, apresentou o Acordo Ambiental São Paulo e mediou as explanações de 14 “casos de sucesso” do programa, com resultados concretos de descarbonização. O diretor do Comitê de Meio Ambiente da APAS, Paulo Pompílio, apresentou o case “Emissões de GEE evitadas com a proibição de sacolas plásticas descartáveis na cidade de São Paulo” e ressaltou a importância da causa ambiental para o setor supermercadista, que foi elogiado pela histórica participação da instituição nas agendas ambientais.

“As mudanças climáticas entraram definitivamente na agenda de todos os negócios, com especial atenção para a segurança alimentar, que está na essência do setor supermercadista. Por meio do Acordo de São Paulo, assim como temos trabalhado nos termos de compromisso para logística reversa com a CETESB, para economia circular, buscaremos avançar na universalização do conhecimento”, afirmou Pompílio.

Iglecias reforçou a importância da união entre o poder público, empresas e associações para que sejam realizadas ações concretas na área ambiental. “A realização desses eventos organizados pela CETESB paralelos à COP26 é parte de um processo que se iniciou há dois anos, quando o Acordo Ambiental São Paulo foi lançado. Uma experiência voluntária pode dar frutos e deflagrar ações significativas para redução de gases de efeito estufa. Lançar uma publicação especializada e ter a oportunidade de apresentar esses ‘cases’ num evento internacional é uma ação que visa acelerar ações concretas e alargar os horizontes para 2022. O fato dos encontros estarem acontecendo em Glasgow, nesse ano tão importante para a agenda de Mudanças Climáticas, demonstra o engajamento do Governo de São Paulo. Precisamos de mais ações concretas, e da parceria das empresas, associações e municípios”, ressaltou a diretora-presidente.


Tags:


Notícias relacionadas


Últimas Notícias



menu
menu