APAS participa de programa no Sindicato dos Economistas de SP – APAS – Associação Paulista de Supermercados

APAS participa de programa no Sindicato dos Economistas de SP

No mês de maio, a Associação Paulista de Supermercados, representada pelo gerente do departamento de Economia e Pesquisa da APAS, Rodrigo Mariano, participou do programa “Economia Dia a Dia” (veja aqui a íntegra da entrevista), do Sindicato dos Economistas do Estado de São Paulo. Entre os assuntos discutidos está a pesquisa “Tendências do Consumidor”, divulgada na Feira APAS 2013, em maio passado. Outra questão de relevância está diretamente associada à importância do setor supermercadista perante a economia do País.

De acordo com os dados do economista, 50% das vendas do comércio brasileiro estão relacionadas aos supermercados – setor que, inclusive, representa 5,5% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil e emprega 1 milhão e 700 mil pessoas. “Nos últimos 10 anos, o setor supermercadista também impulsionou outras atividades econômicas, uma vez que a crescente demanda do consumidor gera um incremento nas vendas e, por sua vez, há a necessidade de se contratar mais pessoas para atender esta demanda”, afirmou.

Já no que diz respeito às classes sociais, o aumento do salário mínimo e, consequentemente, da renda do consumidor, e a maior gama de empregos disponíveis no mercado resultaram em uma mudança no cenário das classes sociais. A classe tida como média cresceu de 37% para 18% – aumento que se deu, principalmente, pela migração de pessoas das classes D e E. Houve também um incremento de pessoas inseridas nas classes A e B. “Em suma, o crescimento do Brasil impactou diretamente no aumento do consumo no comércio e, claro, no setor supermercadista”, explica Mariano.

Comportamento do consumidor

A ascensão social também trouxe mudanças no perfil do comportamento do consumidor, que, agora mais exigente e ávido por informações, exige novos padrões de serviços e produtos por parte dos estabelecimentos. Se antigamente o consumidor priorizava o mercadinho de bairro ou as grandes Redes, a ordem do momento é conhecer novos pontos de venda. “O consumidor quer conhecer tudo que os supermercados oferecem, desde o atendimento até os itens comercializados. Agora o consumidor frequenta um mix maior de canais, tais como açougue, hipermercado, mercadinho, entre outros”, conta o economista da APAS.

Neste contexto, as lojas estão se adequando às necessidades dos consumidores e, nestas horas, vale qualquer artifício para atrair os clientes, como por exemplo, um locutor que anuncia as ofertas ou até um animador para entreter as pessoas. “O cliente vai ao supermercado com algum objetivo – seja preço baixo, atendimento qualificado ou proximidade com os funcionários -, sendo que os estabelecimentos estão se adequando a cada perfil de consumidor”, diz Mariano.

Acesse aqui a íntegra da pesquisa “Tendências do Consumidor 2013”

Legenda da foto acima: o gerente do departamento de Economia e Pesquisa da APAS, Rodrigo Mariano (à direita) em entrevista ao programa “Economia Dia a Dia”

Compartilhe na Rede!

Tags:


Notícias relacionadas


Últimas Notícias



menu
menu