Atenção, associado: Banco Central não proibiu a aceitação de cédulas carimbadas – APAS – Associação Paulista de Supermercados

Atenção, associado: Banco Central não proibiu a aceitação de cédulas carimbadas


Tomamos ciência da circulação, principalmente em grupos de Whatsapp e na internet, sobre falsas notícias acerca da proibição por parte do Banco Central de bancos e estabelecimentos comerciais aceitarem cédulas com o carimbo “Lula Livre”.

A APAS destaca que, independentemente de inapropriada a vinculação de manifestação político-partidária nas cédulas de Real, as notas carimbadas têm valor e, desta forma, podem ser aceitas pelos supermercados.

Para resumir, o Banco Central classifica cédulas inadequadas em dois tipos: com valor e sem valor.

As cédulas inadequadas com valor podem ser utilizadas normalmente e os bancos, ao recebê-las, devem encaminhar ao Banco Central para a posterior destruição. Como exemplos, destacam-se as notas manchadas, sujas, com rabiscos e carimbadas. Portanto, podem ser aceitas pelos supermercados.

Já as cédulas inadequadas sem valor são aquelas mutiladas e não apresentam um fragmento com mais da metade do tamanho original. Essas notas não devem ser aceitas pelos supermercados.

As informações sobre as cédulas inadequadas com e sem valor, inclusive com as respectivas imagens ilustrativas, podem ser encontradas no link http://www.bcb.gov.br/htms/mecir/inadequadas/cedinadeq.asp.

Em caso de dúvidas, o associado da APAS pode entrar em contato pelo telefone (11) 3647-5020 ou por meio do e-mail marcelo.farias@apas.com.br.

 

Compartilhe na Rede!


Notícias relacionadas


Últimas Notícias



menu
menu