Coluna Cidadania e Gestão: Voto distrital misto a partir de 2022 é aprovado – APAS – Associação Paulista de Supermercados

Coluna Cidadania e Gestão: Voto distrital misto a partir de 2022 é aprovado


A Comissão da Câmara dos Deputados, que analisa a Reforma Política, aprovou a adoção do sistema eleitoral distrital misto a partir de 2022.

Nesse modelo, o eleitor vota duas vezes para deputado: em um candidato do distrito e em um partido. Metade das cadeiras de cada Estado vai para os mais votados de cada distrito e a outra será preenchida pelos partidos mediante lista preordenada.

“Distritão” e fundo público de R$ 3,6 bi foram aprovados

A mesma comissão já aprovou o chamado ‘distritão’ e um fundo público de R$ 3,6 bilhões para financiamento de campanha.

Limite de 10 anos para mandatos no STF

A comissão especial decidiu, em votação simbólica, limitar em dez anos o mandato para indicações políticas para o Judiciário, como os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal). Hoje, os ministros da Corte podem se manter no cargo até completarem 75 anos, quando devem se aposentar.

Notícia na íntegra: https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2017/08/10/voto-distrital-misto-a-partir-de-2022-e-aprovado-em-comissao-veja-outras-decisoes.htm?cmpid=copiaecola.

APAS Opina

“Sou totalmente favorável ao voto distrital misto e por alguns fatores: as campanhas eleitorais serão mais baratas, uma vez que abrangerão um território menor; e o deputado terá maior proximidade e ciência das necessidades do eleitor da sua região, e, consequentemente, a cobrança e acompanhamento do trabalho serão mais assertivos”.

Pedro Celso Gonçalves

Presidente da APAS

ELI_0681

 


Tags:


Notícias relacionadas


Últimas Notícias



menu
menu