Comitê de Segurança dos Alimentos da APAS recebe indústria para mais conhecimento de processos - APAS - Associação Paulista de Supermercados

Comitê de Segurança dos Alimentos da APAS recebe indústria para mais conhecimento de processos


Pensando em saúde, os consumidores estão cada vez mais buscando informação sobre os produtos que adquirem. Os supermercados por sua vez possuem um papel fundamental na informação desse consumidor por meio da escolha dos seus fornecedores e de bons produtos com alta qualidade

Nesta linha, a APAS realiza mensalmente reunião do Comitê de Segurança Alimentar, com o objetivo de discutir junto aos supermercados associados normas nacionais e internacionais de segurança alimentar e compartilhar as melhores práticas com o setor.

No encontro deste Comitê em março, além dos representantes dos supermercados associados, também esteve presente Fernanda Moura, diretora Global de Qualidade da BRF, para esclarecer aos presentes sobre o processo de reestruturação em curso na companhia e também partilhar com o setor as experiências acumuladas durante a realização do recall voluntário feito em 13 de fevereiro de 2019.

“Em 2018, a BRF implementou uma série de medidas para retomar o seu crescimento e aprimorar seus controles. Esse processo começou com a mudança no Conselho Administrativo e na alta liderança da empresa, seguida por uma reorganização financeira e estrutural, que culminaram em um novo planejamento estratégico para a BRF nos próximos cinco anos. Pedro Parente, presidente do Conselho de Administração e atual CEO, tem direcionado fortemente todo time com relação a Qualidade, Segurança e Integridade, que são os compromissos fundamentais da atual administração”, conta Fernanda.

O recall voluntário no mercado nacional de 164 toneladas de cortes e miúdos de frango in natura da marca Perdigão aconteceu porque testes de laboratório realizados de acordo com o plano de qualidade da própria BRF detectaram risco de presença da bactéria Salmonella enteritidis. “Uma vez identificado o possível risco de contaminação, a BRF decidiu fazer um recall voluntário e preventivo, alinhado com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e a Secretaria Nacional do Consumidor. O primeiro passo foi a rastreabilidade de todos os lotes comercializados no mercado externo e interno, para que os nossos clientes fossem avisados e os produtos fossem recolhidos. Na sequência lançamos uma ampla campanha de esclarecimento junto aos consumidores finais, com extensa comunicação em todos os tipos de mídias no Brasil”, complementa.

“O setor supermercadista é um dos nossos principais clientes no Brasil, a espinha dorsal do nosso negócio e é responsável por uma parte relevante da nossa receita. Por isso, participar desse diálogo e ter a oportunidade de trazer ao conhecimento do setor as nossas iniciativas internas é tão importante”, finaliza Fernanda.

Para mais informações sobre a BRF, acesse: https://www.brf-global.com/


Tags:


Notícias relacionadas


Últimas Notícias



menu
menu