Confiança do consumidor brasileiro tem maior nível em quase quatro anos e meio


O ICC (Índice de Confiança do Consumidor), medido pela FGV (Fundação Getulio Vargas), avançou 7,1 pontos de outubro para novembro. Com isso, atingiu 93,2 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos, o maior nível desde julho de 2014 (93,8). Os dados foram divulgados ontem pela FGV.

Essa foi a segunda alta consecutiva do ICC, que acumula alta de 11,1 pontos no bimestre outubro-novembro, a maior da série histórica iniciada em setembro de 2005. As informações são da Agência Brasil.

Em novembro, os consumidores estão mais otimistas em relação tanto ao presente quanto aos próximos meses. O ISA (Índice de Situação Atual) subiu 2,7 pontos, indo para 74,6 pontos, maior nível desde maio (77,2).

Já o IE (Índice de Expectativas) cresceu 9,8 pontos e chegou a 106,4 pontos, o maior nível desde fevereiro de 2013 (106,7 pontos).

“Depois de um período de desconfiança, os consumidores voltam a ficar otimistas em relação às perspectivas econômicas do país, às finanças familiares e ao emprego”, afirmou a coordenadora da Sondagem do Consumidor, Viviane Seda Bittencourt, em nota.

Fonte: Reuters


Tags:


Notícias relacionadas


Últimas Notícias



menu
menu