Empresas brasileiras na China temem efeitos do coronavírus em negócios – APAS – Associação Paulista de Supermercados

Empresas brasileiras na China temem efeitos do coronavírus em negócios


Empresas brasileiras com operação na China já preveem impacto nos negócios com as medidas de Pequim para conter o avanço do coronavírus, que matou 132 pessoas no país asiático e infectou quase 6.000 até esta terça-feira (28).

Além de restrição de viagens de funcionários, caso de gigantes como a Vale, companhias que vendem à China trabalham com o cenário de atraso na entrega de mercadorias e possível redução de vendas.

O governo chinês decidiu prolongar o feriado de Ano-Novo Lunar até 2 de fevereiro, e algumas áreas industriais só podem retomar a operação entre 8 e 10 de fevereiro. A Vale suspendeu viagens de negócios ao país por tempo indeterminado e também determinou que empregados da China não viajem a nenhuma outra unidade da empresa.

Os funcionários estão em regime de trabalho remoto, mas as atividades em portos asiáticos seguem normalmente, informou a companhia.

Saiba mais AQUI

Fonte: Folha de S. Paulo.

Compartilhe na Rede!

Tags:


Notícias relacionadas


Últimas Notícias



menu
menu