Fake News: APAS esclarece dúvidas sobre notícias do setor de supermercados – APAS – Associação Paulista de Supermercados

Fake News: APAS esclarece dúvidas sobre notícias do setor de supermercados


A APAS elencou as principais dúvidas que têm gerado repercussão sobre o setor supermercadista durante a pandemia do novo Coronavírus. São informações que, muitas vezes, foram distorcidas ou ainda precisam de explicações mais contundentes para que todos se mantenham informados de forma correta sobre a cadeia do abastecimento. Confira os principais pontos.

  • Faça estoque de alimentos.  Há falta de produtos nos supermercados.  FAKE – Os supermercados associados e a APAS estão negociando com os fornecedores, com a ajuda do Governo do Estado, Secretaria de Agricultura e Abastecimento, para manter a reposição adequada de produtos.
  • Todos os produtos estão mais caros. FAKE – Alguns produtos estão chegando com os preços maiores nos supermercados, como leite, arroz, feijão e outros e, são disponibilizados ao consumidor para compra. A APAS tem orientado os supermercados associados para tomar as medidas necessárias para manutenção adequada dos preços, inclusive com renegociação dos valores com os fornecedores.
  • Os supermercados estão aproveitando a situação do Coronavírus para faturar mais. FAKE – A APAS tem orientado seus associados a não aumentar sua margem de lucratividade e apenas repassar os aumentos de preços.
  • Os supermercados estão mais vazios e para compensar queda nas vendas, aumentam preços. FAKE – A APAS tem divulgado diariamente uma pesquisa mostrando a evolução do movimento presencial nas lojas. Esse movimento tem diminuído e chegando à sua normalidade. Não há por que compensar queda de movimento que não houve. As vendas estão voltando à normalidade.
  • Os supermercados vão fechar para evitar acúmulo de consumidores nas lojas. FAKE – Alguns supermercados poderão reduzir horário de funcionamento, conforme política interna. Mas, não podem fechar totalmente porque são considerados atividade essencial que deve ser mantida, segundo orientações do Governo, para abastecimento da população.
  • Os supermercados vão limitar o volume de compras por pessoa. VERDADEIRA – Os supermercados poderão limitar o volume de compras de produtos por pessoa, como o álcool em gel, para garantir que todos tenham acesso a esses produtos, geralmente mais procurados e consumidos, conforme autoriza o Código de Defesa do Consumidor.
  • As pessoas não devem ir aos supermercados porque correm o risco de contágio. FAKE – A APAS tem orientado os supermercados associados a tomar todos os cuidados com limpeza, e orientar as pessoas a manterem uma distância de 1 metro uma das outras, tanto em filas como nos corredores, marcações no solo com a distância, para evitar proximidade, além de disponibilizar álcool em gel para os consumidores.
  • Os idosos devem fazer compras em horário especial. FAKE – Os idosos devem ficar em casa, segundo recomendação da APAS e das autoridades sanitárias. Se não for possível, alguns supermercados estão reservando horário especial para atendimento dos idosos.
  • Os supermercados não oferecem informação a seus consumidores. FAKE  – A APAS orienta os supermercados associados a expor cartazes com recomendações de segurança contra o Coronavírus, divulgar informações na mídia impressa e digital, informar em seus sistemas de som e de televisão nas lojas, e se preparar para orientar a forma mais segura de fazer compras neste momento de pandemia.

Outra forma de verificação das fake news é acessar o site do Ministério da Saúde:

Compartilhe na Rede!

Tags:


Notícias relacionadas


Últimas Notícias



menu
menu