Haddad e Alckmin defendem candidatura de SP à Expo 2020 – APAS – Associação Paulista de Supermercados

Haddad e Alckmin defendem candidatura de SP à Expo 2020

A cada cinco anos, uma cidade é escolhida para receber a Exposição Universal (World Expo), que, durante seis meses, reúne governos de diversos países, organizações nacionais e internacionais, além de empresas, cujo foco é a discussão de diversos temas de relevância global – tecnologia, sustentabilidade, inovação, urbanismo e economia – no âmbito do “futuro das populações”.

A primeira edição do evento aconteceu em Londres, em 1851. A representatividade do mesmo se reflete no fluxo de investimentos no período, que, inclusive, é superior ao registrado em eventos de grande porte, tais como a Copa do Mundo de Futebol ou os Jogos Olímpicos. A Exposição ainda proporciona a aceleração dos projetos urbanísticos, renovação econômica e vários benefícios sociais para a cidade-sede.

Para se ter uma ideia, a cidade de Xangai, na China, recebeu 73 milhões de visitantes de todo o mundo na última Expo, em 2010. A próxima edição da Exposição Universal será em Milão, na Itália, em 2015. No intervalo entre elas, o Bureau Internacional de Exposições (BIE) também realiza eventos menores – denominados Exposições Internacionais -, com duração de três meses.

As Exposições Universais e Internacionais são regulamentadas pelo BIE, que, criado pela Convenção de Paris de 1928, reúne 163 países-membros. São Paulo é candidata a sediar a Expo 2020, com o tema “Força da Diversidade, Harmonia para o Crescimento”. Além de se tornar a “capital do mundo” durante um semestre, a cidade terá a chance de se projetar em todos os segmentos. A eleição acontece em novembro deste ano.

Comitiva brasileira

A comitiva brasileira que defende a candidatura de São Paulo à Expo 2020 se reuniu, em Paris, com o presidente da França François Hollande. O grupo formado pelo prefeito Fernando Haddad, o governador Geraldo Alckmin, o vice-presidente Michel Temer, além do ministro do Turismo Gastão Vieira, tratou da candidatura paulistana à Exposição Universal e sobre as relações comerciais entre os dois países.

“O presidente Hollande ficou bastante impressionado com o fato de os três níveis de governo estarem representados na comitiva. E, sobretudo, por pertencermos a partidos diferentes e estarmos unidos em torno da mesma causa, que é sediar a Expo 2020”, citou Fernando Haddad.

Segundo o governador Geraldo Alckmin, a diversidade de etnias e povos dentro da cidade e a infraestrutura são os diferenciais da candidatura à Expo 2020. “Essa é a marca de São Paulo que terá, em 2014, a abertura da Copa do Mundo. Importante centro de negócios, cultural, turístico, gastronômico e com toda a infraestrutura para sediar um grande encontro como é a Exposição Mundial

Compartilhe na Rede!

Tags:


Notícias relacionadas


Últimas Notícias



menu
menu