No primeiro teste da reforma no Senado, Previdência é votada na CCJ - APAS - Associação Paulista de Supermercados

No primeiro teste da reforma no Senado, Previdência é votada na CCJ


A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado analisou a proposta de reforma da Previdência, cuja principal medida é a fixação de uma idade mínima de aposentadoria no País.

O texto aprovado pela Câmara garantia uma economia de R$ 933,5 bilhões em dez anos, segundo cálculos do Ministério da Economia divulgados em julho. Mas o relator no Senado, Tasso Jereissati (PSDB-CE), fez mudanças que retiraram R$ 31 bilhões dessa conta.

O senador tucano decidiu excluir o artigo que definia, na Constituição, o critério de renda para fazer jus ao Benefício de Prestação Continuada (BPC), pago a idosos e pessoas com deficiência de baixa renda. A equipe econômica esperava, com a medida, reduzir o alto índice de ações na Justiça envolvendo o benefício e poupar R$ 25 bilhões em uma década, mas os senadores resistiram.

Tasso também retirou do texto o endurecimento da regra de transição na aposentadoria de quem trabalha com agentes nocivos à saúde, como mineradores. Com isso, a proposta perdeu outros R$ 6 bilhões de impacto.

Saiba mais AQUI.

Fonte: Estadão


Tags:


Notícias relacionadas


Últimas Notícias



menu
menu