Pão de Açúcar desenvolve e instala ‘cotoveleiras’ que permitem abrir as geladeiras das lojas sem as mãos – APAS – Associação Paulista de Supermercados

Pão de Açúcar desenvolve e instala ‘cotoveleiras’ que permitem abrir as geladeiras das lojas sem as mãos


No total, mais de 5 mil itens foram instalados nas unidades como forma de reforçar medidas preventivas à covid-19

Com unidades em constante evolução para proporcionar a cada dia um ambiente de consumo mais seguro para os seus clientes e colaboradores, o Pão de Açúcar apresenta uma iniciativa inédita para reforçar as medidas preventivas ao combate da covid-19 em suas lojas. Em junho, 23 lojas da rede em São Paulo receberam um acessório batizado de ‘cotoveleira’, instalado na parte frontal de freezers e geladeiras. Os acessórios permitem abrir os equipamentos sem a necessidade de utilização das mãos, reduzindo os pontos de contato dentro das lojas.

Para utilizá-lo, basta que o cliente posicione o próprio braço até a altura do cotovelo em um acessório cujo desenho foi criado especialmente para que seja possível abrir os equipamentos somente a partir desse movimento. A ‘cotoveleira’ foi uma inovação desenvolvida pelo Pão de Açúcar em parceria com fornecedores e, até o momento, mais de 5 mil itens já foram instalados. A previsão é de que o item deve chegar até o final de julho a todas as 185 lojas do Pão de Açúcar, em todo o Brasil.

Medidas preventivas à covid-19

Desde o início da pandemia de covid-19, o Pão de Açúcar tem atuado rapidamente para garantir um ambiente seguro a clientes e colaboradores. Nas lojas físicas, a rede adotou protocolos rígidos de higienização, com a utilização e disponibilização aos seus colaboradores de todos os equipamentos de segurança recomendados pelas autoridades de saúde, a obrigatoriedade do uso de máscaras, a desinfecção com álcool em gel nos pontos de atendimento e com a instalação de painéis de acrílico e adesivos no piso para a organização do distanciamento social. Também afastou temporariamente todos os seus colaboradores em grupos de risco e contratou quase 2 mil pessoas, temporariamente, em todo o Brasil, para ajudar com a operação. Na mesma linha, o Pão de Açúcar foi a primeira marca do grande varejo a adotar um horário de atendimento exclusivo para clientes com mais de 60 anos, oferecendo uma alternativa para um caso de extrema necessidade.

Em momentos de alta demanda, a rede chegou a limitar a compra de produtos para garantir que as famílias pudessem se abastecer de maneira igualitária e concentrou seus esforços de fornecimento para atender as necessidades por produtos de alimentação, limpeza e cuidados pessoais. Também reafirmou o seu compromisso, em cadeia nacional de televisão, com o não repasse de possíveis reajustes de preços aos consumidores.

Já nos serviços de e-commerce do site www.paodeacucar.com e pelo app Pão de Açúcar Mais, a rede antecipou investimentos para triplicar a capacidade operacional de entregas em poucos dias, com a abertura de dois novos centros de distribuição, em São Paulo e no Rio de Janeiro, a fim de garantir que todos pudessem realizar suas compras sem precisar sair de casa. A marca realizou ainda a doação de 300 mil alimentos e produtos de higienes para instituições sociais parceiras, com alcance estimado de mais de 30 mil famílias.

Compartilhe na Rede!

Tags:


Notícias relacionadas


Últimas Notícias



menu
menu