Pesquisa da APAS sobre vouchers confirma aumento nas taxas praticadas – APAS – Associação Paulista de Supermercados

Pesquisa da APAS sobre vouchers confirma aumento nas taxas praticadas


Não é novidade que os supermercados sofrem com as altas taxas cobradas nas compras feitas com vale-alimentação (vouchers).

Recentemente a APAS promoveu, junto aos associados, uma rápida pesquisa on-line para colher informações relevantes, a fim de tomar ações mais assertivas a respeito. “A pesquisa foi finalizada com sucesso. Tivemos um grande número de respostas, o que ajudará a APAS no entendimento dos problemas enfrentados pelos associados. Assim, poderemos agir com mais eficiência”, destacou Roberto Longo, vice-presidente e diretor Jurídico da APAS.

Além de dados necessários para a realização dos trabalhos, a pesquisa demonstrou que a taxa média aplicada nos vouchers aumentou algo em torno de 25% na comparação aos anos anteriores. Não bastasse o aumento nas taxas, a pesquisa ainda apurou as novas cobranças que vêm sendo incluídas nos contratos, como tarifas de transferência, tarifas por transação e anuidades, o que torna a taxa efetiva ainda mais cara.

A pesquisa também revelou que os supermercados precisam ter mais atenção e eficiência no processo de conciliação, para efetivamente saber se aquilo que está sendo descontado está no contrato, principalmente em relação a despesas indiretas, tais como adiantamento automático de recebíveis, inclusão de seguros, entre outras.

Dessa forma, a APAS chama a atenção do setor para os pontos que podem ser aprimorados na conciliação, a fim de evitar que o supermercado tenha uma despesa ainda maior em relação a esse meio de pagamento. Com as respostas em mãos, a Associação destaca que será mais fácil colocar em prática as ações com foco na redução das taxas.

Muito embora os resultados efetivos provavelmente não sejam sentidos a curto prazo pelos supermercados, essas informações vão permitir à APAS adotar ações em prol de melhores condições ao setor. “As respostas fornecidas pelos associados serão mantidas em absoluto sigilo, nunca compartilhadas de forma isolada e tratadas dentro da APAS”, conclui Longo.

Em caso de dúvidas, os associados devem entrar em contato com a área Jurídica da APAS, pelo e-mail marcelo.farias@apas.com.br.

Confira essa e outras notícias na Revista Acontece APAS (62° Edição).

Compartilhe na Rede!

Tags:


Notícias relacionadas


Últimas Notícias



menu
menu