Preço do café acumula alta de 48,31% entre janeiro e novembro de 2021 – APAS – Associação Paulista de Supermercados

Preço do café acumula alta de 48,31% entre janeiro e novembro de 2021


O preço do café acumulou alta de 48,31% entre janeiro e novembro de 2021 e de 51,86% nos doze meses encerrados em novembro do ano passado, de acordo com o IPS (Índice de Preços dos Supermercados), calculado pela Associação Paulista de Supermercados (APAS), em parceria com a FIPE (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas).

Alguns fatores internos e externos justificaram o fenômeno. Levantamento da CONAB (Companhia Nacional de Abastecimento) aponta para uma diminuição de 35,5% no volume produzido do café, em virtude da escassez de chuvas nas principais regiões de cultivo.

O preço da saca do café arábica ganhou força nos últimos 12 meses, seguindo uma tendência internacional de valoração das commodities agrícolas, em virtude da expansão monetária adotada por muitos países ao redor do mundo.

O preço da saca do produto registrou um acréscimo médio de 124% em 2021. Segundo tabela da Cepea/USP, a saca do café arábica era negociada em torno de R$ 639 em janeiro do ano passado; em dezembro, o preço chegou a R$ 1434.

Segundo estimativa da APAS, o preço do café apresenta tendência de alta nos próximos seis meses, em decorrência da redução consecutiva na produção e por conta dos baixos níveis de estoques internacionais.


Tags:


Notícias relacionadas


Últimas Notícias



menu
menu