Primeiro emprego em supermercados é o dobro da média nacional - APAS - Associação Paulista de Supermercados

Primeiro emprego em supermercados é o dobro da média nacional


Pesquisa aponta quem 20% dos empregados têm no setor seu primeiro emprego

Considerada a porta de entrada do primeiro emprego, o setor supermercadista será beneficiado pela medida provisória ‘Verde e Amarelo’ anunciada pelo governo na última semana. Pesquisa da APAS aponta que o primeiro emprego em carteira assinada é maior que nos outros setores. Em 2019, 55% dos admitidos pelo setor supermercadista estão dentro da faixa etária contemplada pelo programa; 20% deles no primeiro emprego.

O teto da remuneração prevista pelo programa é de 1,5 salários mínimos, ou seja, R$ 1497,00. A média dos admitidos em 2019 está em R$ 1329,00 para os jovens de 18 até 24 anos e R$ 1508,00 para os de 25 até 29 anos.

“A desoneração proposta pelo governo incentivará a contratação de mais jovens por parte de supermercados, que já estão acostumados com este tipo de público. Como a maioria das empresas do varejo é de pequeno e médio porte, a queda dos custos de contratação e desligamento proposto pelo programa é positivo. Para os minimercados, o potencial pode chegar a um aumento de até 73% nas contratações em três anos”, destaca Thiago Berka, economista da APAS.


Tags:


Notícias relacionadas


Últimas Notícias



menu
menu