Saiu na SuperVarejo: Alimentação Saudável é tendência no Brasil - APAS - Associação Paulista de Supermercados

Saiu na SuperVarejo: Alimentação Saudável é tendência no Brasil


Mais de um terço da população brasileira (39%) busca unir alimentação saudável com hábitos ambientalmente responsáveis, segundo estudo Tetra Pak Index elaborado pela Ipsos. A mudança de hábito é motivada, principalmente, pelas questões relacionadas à preservação ambiental, com 67% dos brasileiros reconhecendo a relevância da situação e 52% admitindo que problemas ambientais tenham impactado sua saúde.

Para a diretora global de informação de negócios da Tetra Pak, Gisele Gurgel, a indústria de alimentos e bebidas é a primeira a sentir os efeitos dessa tendência, com novas dietas e escolhas de compra. “Para as marcas, isso se traduz em oportunidades para comunicar ambos os aspectos conjuntamente e para estabelecer vínculos poderosos e com real propósito junto ao consumidor”, explica.

Segundo a pesquisa, a transformação resulta na busca por produtos e marcas que reflitam um posicionamento ético em relação ao meio ambiente e na preferência por embalagens sustentáveis. Atualmente, alguns dos aspectos mais valorizados pelos brasileiros são: presença de ingredientes naturais no alimento ou bebida (importante para 54%); possibilidade de direcionar a embalagem para reciclagem (40%) ou reutilizá-la (37%); presença de ingredientes de origem orgânica no produto (36%); ausência de aditivos (36%).

Em reflexo às transformações em curso, alguns produtos são percebidos pelos consumidores como opções que integram aspectos saudáveis e sustentáveis, portanto, tendo melhor avaliação. Neste grupo estão as bebidas à base de fruta, bebidas vegetais, com alto valor agregado, águas de coco e chás.

Nesse sentido, o CEO da Ipsos no Brasil, Marcos Calliari, afirma que o levantamento é o único a combinar saúde e meio ambiente e a segmentar os consumidores de acordo com o nível de convergência que eles enxergam entre ambas as áreas. “Em termos práticos, isso implica em diferentes abordagens de comunicação de acordo com o perfil de cada grupo de consumo identificado”, revela.

Saiba mais AQUI.


Tags:


Notícias relacionadas


Últimas Notícias



menu
menu