Saiu na SuperVarejo: Consumo de produtos orgânicos cresce no Brasil


Adotar hábitos saudáveis está cada vez mais frequente nos dias de hoje. Este tipo de atitude está se tornando mais comum na rotina dos brasileiros que priorizam a saudabilidade e o bem-estar ambiental, consumindo menos alimentos com adições de químicos e agrotóxicos.

Esta mudança pôde ser observada na pesquisa do Conselho Brasileiro da Produção Orgânica e Sustentável (Organis), que mostrou que 19% da população nacional consome algum produto orgânico e cerca de 35% consumiu produtos de origem orgânica nos últimos seis meses.

Ainda segundo o estudo – realizado pela Brain – Bureau de Inteligência Corporativa – mais da metade dos brasileiros (67%) estão dispostos a aumentar a compra de produtos orgânicos, sendo que a região Sul detém o maior percentual de consumo com 48%, seguido pelo Sudeste com 42%.

Porém, mesmo com este aumento nos números – em 2017 eram 15% de consumidores orgânicos, excluída a região Norte – o Brasil ainda está longe de atingir os patamares ideais de consumo. O diretor da Organis, Ming Liu, aponta que uma das maiores dificuldades que impedem este segmento a crescer expressivamente no país é o preço e também a dificuldade do consumidor encontrar os produtos.

Apesar da gama de produtos orgânicos ser extensa, tendo no portfólio produtos de limpeza, cosméticos e vestuários, o segmento ainda é muito associado a alimentos, como frutas, legumes e verduras, fazendo com que o setor de hortifrúti detenha a liderança de consumo.

De acordo com a pesquisa, as frutas representam 35% das compras, seguidas pelas verduras com 24%, alface com 21%, legumes com 16%, tomate com 15% e hortaliças com 8%.

Pensando em médio e longo prazo as expectativas seguem no patamar positivo, ainda mais quando o estudo constatou que um a cada cinco brasileiros compra algum produto orgânico, com frequência média de três vezes por semana. Foi observado também que 88% estão dispostos a adquirir algum produto deste segmento, deixando claro que há motivação e disposição para o consumo.

Para ver a matéria na íntegra clique aqui.


Tags:


Notícias relacionadas


Últimas Notícias



menu
menu