Saiu na SuperVarejo: Rastreabilidade do FLV

FLV

O tema rastreabilidade dos alimentos, em especial de frutas, legumes e verduras (FLV), tem ganhado cada vez mais importância na decisão do consumidor na hora de optar pela marca de alimentos. Como sabemos, ter a garantia da qualidade dos produtos que chegam às prateleiras dos estabelecimentos comerciais e, depois, à mesa das famílias no Brasil é um fator cada vez mais preponderante no momento de o consumidor escolher o produto.

Há, também, uma preocupação crescente dos órgãos de fiscalização na adoção de medidas de rastreabilidade dos itens de FLV. O Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos (Para) foi iniciado em 2001 pela Anvisa, com o objetivo de avaliar continuamente os níveis de resíduos de agrotóxicos nos alimentos de origem vegetal que chegam à mesa do consumidor. Os resultados desse programa possibilitam traçar um diagnóstico da utilização de agrotóxicos nos alimentos de origem vegetal. Consequentemente, são fornecidos subsídios para a implementação de ações de natureza regulatória, fiscalizatória e educativa.

Há mais iniciativas nesse sentido, como o Programa de Rastreabilidade e Monitoramento de Alimentos (Rama), da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), e o Programa 3P de Qualificação de Fornecedores de Hortifrúti, do Walmart, que rastreiam o caminho percorrido por frutas, legumes e verduras (FLV), desde o campo até o comércio varejista. A APAS também disponibiliza aos seus associados o Comitê de Segurança Alimentar, formado por nutricionistas, engenheiros de alimentos, médicos veterinários e demais técnicos indicados pelos associados para debater o tema.

Leia na íntegra.


Tags:


Notícias relacionadas


Últimas Notícias



menu
menu