Saiu na SuperVarejo: Tendência dos clubes de assinatura desperta interesse para o setor alimentício - APAS - Associação Paulista de Supermercados

Saiu na SuperVarejo: Tendência dos clubes de assinatura desperta interesse para o setor alimentício


Atualmente, o brasileiro está cada vez mais interessado em se tornar membro de clubes de assinatura, seja para receber promoções, eventos exclusivos, descontos em serviços e produtos, acúmulo de pontos/milhas, entrega sem custos ou mais rápida entre tantas outras opções.

Com a popularização deste modelo de negócio, a Collinson – líder global em benefícios e fidelização do cliente, encomendou uma pesquisa da Toluna Insights, realizada com mais de mil brasileiros. O resultado do estudo mostrou que os consumidores estão mais interessados por benefícios (53%), preço (26%) e conveniência (17%).

De acordo com o diretor geral da Collinson no Brasil, Henrique Donnabella, a economia financeira ainda é o carro-chefe esperado pelos consumidores. “Mais de 60% disseram preferir clubes de assinaturas que proporcionem descontos e promoções. Contudo, serviços preferenciais, ilimitados ou eventos exclusivos já ocupam um espaço importante na expectativa do consumidor (quase 40%)”, comentou.

Os serviços online de entretenimento Netflix e Spotify são as marcas mais assinados pelos entrevistados de acordo com a pesquisa, 74% e 29%, respectivamente. Agora quando o assunto são os setores de maior interesse, o de alimentação (restaurante, bares e supermercado) é o grande destaque com 46%.

Já no varejo, além do setor alimentício há um aumento de interesse nos setores de Farmácia (37%), Produtos de Beleza (36%), Postos de Gasolina (32%), Pet shops (18%) e Decoração (16%). O setor de mobilidade também apresentou uma grande tendência na intenção de compra, com aplicativos de transporte privado, transporte público, aluguel de bicicletas/patinetes e carros.

Para Donnabella, o crescimento do interesse dos brasileiros em pagar por clubes de assinatura é uma ótima oportunidade para as marcas rentabilizarem sua base de clientes através de uma proposta de valor diferenciada. “Os clubes de assinatura podem ser muito eficazes para engajar mais os consumidores que já estão familiarizados com determinada marca e estão dispostos a pagar uma taxa para personalizar e aprimorar seus benefícios”, afirmou.


Tags:


Notícias relacionadas


Últimas Notícias



menu
menu